P2016-008B – “Iracema”, de José de Alencar (Parte 2 de 2)

Segunda parte da análise sobre o clássico “Iracema”, de José de Alencar. Conheça o belo mito de criação que pertence à fase do romantismo na literatura brasileira.

Ficha técnica – “Iracema” ou “Iracema, lenda do Ceará” – 1865 – José de Alencar.

(Parte 2)

P2016-008-B

 

Edição de referência

Várias edições.

 

Apresentação, produção e edição

Luciene Teixeira.

Leobaldo Prado.

Estéfani Martins.

 

Convidados

Bruno Curcino, professor de Literatura.

Cirlei Garcia, professora de Literatura.

Leda Costa, professora de Redação.

 

Músicas

1 – Jethro Tull – “Stand up” – 1969 – “Bourée”.

https://www.youtube.com/watch?v=N2RNe2jwHE0

2 – Heitor Villa-Lobos – 1930-45 – “Bachianas Brasileiras – No. 7 Complete”.

https://www.youtube.com/watch?v=fiID-gjFDhg

3 – Wolfgang Amadeus Mozart – “Lacrimosa” (“Dies irae” – Missa do requiem).

https://www.youtube.com/watch?v=k1-TrAvp_xs

4 – G.F. Handel – 1739 – “Concerto Grosso Op. 6, No. 1 in G major” – Neville Marriner.

https://www.youtube.com/watch?v=sAvFbMCpGDo

5 – Ennio Morricone – “Once Upon A Time In America” Soundtrack – “Soundtrack suite”.

https://www.youtube.com/watch?v=LaZFLkR6fVU

6 – Chico Buarque – “As cidades” – 1998 – “Iracema voou”.

https://www.youtube.com/watch?v=6O-sJPa1gvQ

 

Referências teóricas

1 – “Ubirajara” – 1754 – José de Alencar.

2 – “Guarani” – 1857 – José de Alencar.

3 – As cartas de José de Alencar e os escravagismo.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq0810200808.htm

http://www.uesc.br/revistas/eidea/revistas/revista7/eid&a_n7_12_mirian.pdf

4 – “Uraguai” – 1769 – Basílio da Gama.

5 – “Caramuru” – 1781 – Santa Rita Durão.

6 – “Por que ler os clássicos?” – 1991 – Ítalo Calvino.

7 – “Questões de Literatura e de Estética” – 1924-41 – Mikhail Bakhtin.

8 – “Mito e história em Iracema: a recepção crítica mais recente” – 2007 – Vagner Camilo.

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002007000200014

9 – “Geografia da fome” – 1946 – Josué de Castro.

 

Indicações

1 – “Coisas de índio: versão infantil” – 2002 – Daniel Munduruku.

http://danielmunduruku.blogspot.com.br/

2 – “Ana Terra” – “Continente” – 1949 – “O tempo e o vento” – Érico Veríssimo.

3 – “Dos canibais” – 1580 – Michel de Montaigne.

http://www.ufscar.br/~igor/wp-content/uploads/mont.pdf

4 – “A inconstância da alma selvagem” – 2002 – Eduardo Viveiros de Castro.

http://www.antropologia.com.br/comu/colab/c13-release_vcastro.pdf

5 – “Macunaíma” – 1928 – Mário de Andrade.

6 – “Alabama Monroe” – 2012 – Felix Van Groeningen.

7 – “História da Literatura Brasileira” – Ferdinand Denis.

http://200.17.141.110/senalic/I_senalic/textos_completos/Sara_Rog%E9ria_Santos_Barbosa.pdf

 

Divulgue o Verso da Prosa

Assine nosso feed no iTunes e no seu agregador de podcasts preferidos.

http://versodaprosa.com.br/feed/podcast

https://itunes.apple.com/br/podcast/verso-da-prosa/id1084762842?mt=2

 

Ouça nossos outros episódios também no nosso site www.versodaprosa.com.br

 

Recados, sugestões, críticas, socializações e afins

https://www.facebook.com/versodaprosa/

https://twitter.com/versodaprosa

https://www.instagram.com/versodaprosa/

versodaprosa@gmail.com .

 

Ouça as trilhas temáticas e dos episódios no Spotfy

Em breve.

 

Colabore com a nossa aventura no Padrim ou no Patreon

Em breve.

0 comments on “P2016-008B – “Iracema”, de José de Alencar (Parte 2 de 2)Add yours →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *